O Que E Mover Media Preco Em Seiva




O Que É Mover Média Preço Em SeivaIntroducao O artigo anterior analisou o que sao medias moveis e como calcula-las. Este artigo agora examina como implementa-los no Web Intelligence. A formula usada aqui e compativel com a versao XIr3 do SAP BOE no entanto alguma formula pode funcionar em versoes anteriores, se disponivel. Vamos comecar por olhar para como calcular uma media movel simples antes de olhar para formas ponderadas e exponenciais. Exemplos Trabalhados Os exemplos abaixo usam o mesmo conjunto de dados que e de dados de preco de acoes em um arquivo do Excel que voce pode baixar. A primeira coluna no arquivo e o dia do preco da acao e, em seguida, as colunas do preco de abertura, preco mais alto no dia, preco mais baixo, preco de fechamento, volume e preco de fechamento ajustado. We8217ll usar preco de fechamento em nossa analise abaixo juntamente com o objeto Date. Media Movel Simples Existem algumas maneiras pelas quais podemos calcular medias moveis simples. Uma opcao e usar a funcao anterior para obter o valor de uma linha anterior. Por exemplo, a seguinte formula calcula uma media movel no nosso preco de fechamento de acoes para um conjunto de dados de media movel de tamanho 3, Esta e uma formula bastante simples, no entanto, e obvio que nao e pratico quando temos um grande numero de periodos aqui podemos fazer Uso de formula de corrida e para um conjunto de dados de tamanho N temos Finalmente temos uma terceira tecnica, que embora mais complicado ele pode ter melhor desempenho como ele esta calculando o novo valor com base no valor anterior em vez de duas somas em execucao sobre os dados completos conjunto. No entanto, esta formula so funciona apos o ponto Nth no conjunto de dados globais e uma vez que se refere a um valor anterior, devemos tambem definir um valor inicial. Abaixo esta a formula completa utilizada para a nossa analise de precos de acoes, onde a nossa media movel periodo e de 15 dias, A data 1252010 e o 15 ? ponto de dados em nosso conjunto de dados e, portanto, para este ponto, calcular uma media normal usando o RunningSum. Para todas as datas alem desse valor, usamos nossa formula SMA e deixamos em branco todas as datas anteriores a essa data. A Figura 1 abaixo e um grafico na Web Intelligence exibindo nossos dados de preco de acoes com uma media movel simples. Figura 1. Documento da Web Intelligence exibindo uma Media Movel Moderada Media Movel Simples Uma formula de media movel ponderada com um periodo de 3 e, Como com nossa primeira formula de media movel simples acima, isso e apenas pratico para um pequeno numero de periodos. Eu ainda nao fui capaz de encontrar uma formula simples que pode ser usado para maiores periodos de media movel. Matematicamente e possivel, mas as limitacoes com Web Intelligence significa que essas formulas don8217t converter. Se alguem e capaz de fazer isso eu adoraria ouvir A figura abaixo e um WMA de periodo 6 implementado em Web Intelligence. Figura 2. Documento da Web Intelligence de uma Media Movel Ponderada Media Movel Exponencial Uma media movel exponencial e bastante simples para implementar na Web Intelligence e por isso e uma alternativa adequada a uma Media Movel Ponderada. A formula basica e Aqui we8217ve codificado 0,3 como nosso valor para alfa. Aplicamos apenas esta formula para periodos maiores do que o nosso segundo periodo, para que possamos usar uma instrucao if para filtrar esses resultados. Para o nosso primeiro e segundo periodo, podemos usar o valor anterior e, portanto, a nossa formula final para EMA e, Abaixo esta um exemplo de um EMA aplicado aos nossos dados de estoque. Figura 3. Exibicao de documentos da Web Intelligence com controles de entrada de media movel exponencial Como nossa formula de EMA nao depende do tamanho do periodo de media movel e nossa unica variavel e alfa, podemos usar controles de entrada para permitir que o usuario ajuste o valor de alfa. Para fazer isso, crie uma nova variavel chamada 8216alpha8217 e defina a formula como 8282, Atualize nossa formula EMA para, Crie um novo controle de entrada selecionando nossa variavel alfa como o objeto de relatorio de controle de entrada Use um controle deslizante simples e defina as seguintes propriedades, Deve ser capaz de mover o controle deslizante e imediatamente ver as mudancas para a linha de tendencia no grafico Conclusao Nos olhamos como implementar tres tipos de media movel na Web Intelligence e, embora todos eram possiveis a media movel exponencial e provavelmente o mais facil e mais flexivel . Eu espero que voce encontrou este artigo interessante e como sempre todo o feedback e muito bem-vindo. Post navigation Deixe uma resposta Cancelar resposta Voce deve ser logado para postar um comentario. O truque para a media movel ponderada (WMA) e que voce tem que criar uma variavel que representa os numeradores de WMA (veja Wikipedia para referencia.) Isso deve se parecer com o seguinte: Anterior (Self) (n Close) 8211 (Previous (RunningSum ( Close)) 8211 Anterior (RunningSum (Close) n1) onde n e o numero de periodos. Em seguida, a formula real WMA8217s seria assim: Numerator (n (n 1) 2) onde Numerator e a variavel que voce criou anteriormente. Introducao para SAP Material Ledger Material Ledger e a solucao de SAPs para realizar o calculo de custos real. E suposto conter os beneficios (sem herdar as desvantagens) dos dois metodos tradicionais de avaliacao de inventario - Costing Standard e Moving Average Costing Antes de voce pode entender a funcionalidade de Material Ledger, e sempre bom comecar com algumas das caracteristicas dessas duas abordagens tradicionais. O custo padrao e um metodo eficaz de obter precos estaveis ??para seus materiais que podem ser comparados novamente St quaisquer flutuacoes de precos. Voce pode, portanto, realizar analise de desvio para entender melhor se voce esta produzindo de forma eficiente ou se os precos das suas materias-primas sao razoaveis. No entanto, uma fraqueza do processo de calculo de custos padrao e que as variacoes que se relacionam com inventario nao vendido permanecem na conta de custo de vendas (variacao de preco) e nao sao repostas no inventario. Esta questao foi colocada por um cliente ha cerca de dez anos, quando Material Ledger ainda estava em sua infancia. Se eu nao vender tudo o que eu produzi em um periodo, entao o que acontece com as variacoes de producao que estao sentados na PampL. A resposta para isso na epoca era tomar a fracao das variacoes de producao que se relaciona com o estoque nao vendido no periodo e envia-lo de volta para as contas de estoque. Este foi um jornal de alto nivel que nao especificou a atividade para cada material individual (como isso teria sido uma tarefa muito complicada). A desvantagem para isso, se voce olhou para um relatorio de rentabilidade para cada material, a variancia pode desviar o custo real de venda para o periodo, se voce nao vender tudo o que voce produziu. Moving Average Costing e um bom metodo para manter seus custos de materiais atualizados, especialmente nos casos em que os precos continuam flutuando. Cada vez que voce executa um recibo de mercadorias ou de fatura, o preco medio movel e atualizado com base no valor total do inventario (levando em conta o ultimo preco comprado) e dividindo-o pela quantidade total do estoque. Uma das fraquezas do custo medio movel e que o novo preco so e lancado de volta ao estoque, se houver quantidade de estoque suficiente para cobrir a diferenca. Este poderia ser o caso se voce consumir um material entre o tempo que voce recebe-lo e quando voce fatura-lo, eo preco da factura e diferente do preco de entrada de mercadorias. Se a fatura for para uma quantidade maior do que a quantidade de material deixada no estoque, a diferenca entre a fatura e a entrada de mercadorias nao sera totalmente alocada de volta ao estoque. Em vez disso, somente a parcela que se relaciona com a quantidade de estoque existente sera alocada de volta ao estoque e o restante sera lancado na conta de desvio de preco. Isso significa que se voce olhou para o preco medio movel para esse material, ele nao vai representar o verdadeiro preco atual. Material Ledgers dois objetivos principais sao: (1) Inventario Avaliacao em ate tres moedas e metodos de avaliacao (2) Realizando Custeio Real para Materiais A real beleza do livro de materiais e o numero (2). Isso ocorre porque ele leva as variacoes que ocorrem de transacoes de inventario e posta-los de volta para inventarios finais, a fim de valoriza-los a um custo real. Ele faz isso, mantendo o custo padrao do material como um benchmark. Voce tambem tem a opcao de reavaliar o custo padrao atual com o preco unitario periodico (que e o custo real calculado pelo ledger de materiais). Os dois tipos de determinacao de preco que ocorrem com o ledger de materiais: (1) Determinacao de preco de nivel unico: Isso tira as variacoes que ocorrem para um material individual e as reve em seu inventario final. (2) Determinacao do preco em varios niveis: Isto leva as variacoes que ocorrem para um produto de nivel inferior (por exemplo, materia-prima) e rola-as (na proporcao da quantidade consumida) em um produto de nivel mais alto (por exemplo, produto acabado). Voce pode optar por lancar os desvios que se relacionam com o inventario vendido, na conta de custo de vendas, a fim de valorizar as COS nos custos reais. Isso envolve a utilizacao da funcionalidade de Reavaliacao de Consumo de Ledgers de Material. Com Material Ledger, voce pode, portanto, alcancar custos reais para finalizar inventario de produtos de nivel unico e multinivel e custo de vendas e ainda medir seus processos de suprimento de acordo com os custos padrao. Paul Ovigele trabalha como consultor financeiro de ERP desde 1997, tanto na America do Norte como na Europa, especializando-se na implementacao dos modulos de Contabilidade Financeira e Controle e em todas as areas de integracao para empresas de diversos setores. Paul oferece sessoes de treinamento para financiar profissionais em ambos os niveis funcionais e gerenciais, e e publicado em Financials Expert, onde tambem atua como consultor tecnico. Apresentou-se em conferencias financeiras da SAP tanto na Europa como nos Estados Unidos. Paul tambem e o autor de 100 coisas que voce deve saber sobre contabilidade financeira com SAP e reconciliacao SAP CO-PA para o livro-geral. Paul e palestrante na conferencia de Controle 2017. Saiba mais sobre suas sessoes: Autores recentes posts Quarta-feira, 01 de fevereiro de 2017 Introducao ao SAP Material Ledger Quarta-feira, 08 de abril de 2015 Mergulhe no SAP FICO com palestrante popular Paul Ovigele no Controlling 2015 Quarta, 18 de marco de 2015 Cinco dicas e truques para SAP Controlling and Introducao a Reconciliacao do SAP COPA com o Ledger Quarta-feira, 19 de Junho de 2013 O mais comum SAP Controlling Pitfall: Incapacidade de reconciliar automaticamente o modulo SAP CO-PA com o SAP General Ledger PostsSAP Compras Dicas e Truques de Configuracao Recebimentos de Mercadorias Recebimentos de Faturas para Ordem de Compra Transacao O OMW1 permite que voce defina se o Controle de Precos e um S ou V. S obrigatorio que voce deseja que o sistema avalie as acoes com o preco mais recente. S indicam que voce deseja que o sistema valorize as acoes com um metodo de preco fixo. Controle de preco V - Preco medio movel Assumir Material O preco atual mestre e 10 Recebimentos de mercadorias para pedido - Tipo de movimento 101 Material Documento Lancamento criado - aumentos de estoque Contabilidade Lancamento de documento criado Debito 12345 Estoque 12 Credito 67890 GRIR 12 Novo preco medio movel (Quantidade total GR) Recebimentos de faturas para ordem de compra - MR01 Contabilizacao Contabilizacao de lancamento criado Debito 67890 GRIR 12 Debit 12345 Inventario 3 Credito 45678 Fornecedor 15 Novo preco medio movel (diferenca de estoque de 2 Valor total) - Material de preco padrao e documento de contabilidade e o mesmo. Aquele com o valor mais baixo sera lancado com uma entrada de desvio de preco. Entrada de Mercadorias para Ordem de Compra - Tipo de Movimento 101 Material Documento Lancamento criado - aumentos de estoque Documento Contabil. Lancamento criado Debito 12345 Inventario 10 Debito 23456 Variacao de Preco 2 Credito 67890 GRIR 12 Sem alteracao no Requisito de Ordem de Compra do Preco Padrao - 67890 GRIR 12 Debito 23456 Variacao de preco 3 Credito 45678 Fornecedor 15 Sem alteracao no preco padrao Contabilidade geral Configuracao da conta Transacao OMWB - Lancamento automatico para estoque Lancamento de estoque BSX Recebimento de mercadoria. receipt clearing acct WRX Diferencas de custo PRD Transacao XK03 - Master Tick Informacao de Contabilidade. E pressione a tecla Enter Nome do campo Reconcil. acct 45678Vendor Retorna sem referencia PO Voce pode usar Return Purchase Order, codigo de transacao ME21N Nos detalhes do item, procure as colunas Return e marque-o. MIGOGR - Entrada de mercadorias para ordem de compra de devolucao O tipo de movimento sera 161 para deduzir o estoque e 162 para reversao. Durante Entrada de mercadorias para ordem de compra de devolucao, voce nao precisa alterar o tipo de movimento de 101 para 161, pois o sistema atribuira automaticamente o tipo de movimento a 161 ao salvar as postagens. No entanto, antes de salvar, verifique se ha uma marca na coluna de retorno para garantir que e uma ordem de compra de devolucao. Criar um novo intervalo de numero de ordem de compra para diferenciar OMH6 - Definir intervalos de numeros Criar um novo tipo de ordem de compra para diferenciar, por exemplo ZB OMEC - Definir tipo de documento Alterar os conjuntos de layout de pedido OMFE - Mensagens: Programas de saida: IF ampEKKO-BSARTamp ZB. ORDEM DE COMPRA RETORNADA: OUTRA. ORDEM DE COMPRA: ENDIF. Lista de Compras para Ordem de Compra Aberta, Entrada de Mercadorias, Faturas Abrir Pedido de Compra Abrir Recibos de Mercadoria (Parametros de Selecao WE101) Estes dois parametros determinam quais informacoes sao mostradas: parametro de selecao parametro de escopo da lista O codigo de transacao de configuracao e OMEM Voce pode definir uma selecao adicional - ME2L - Fornecedor ME2M - Material ML93 - Servico ME2K - Atribuicao de Contas ME2C - Grupo de Materiais ME2B - Rastreamento de Requisitos Numero ME2N - Numero da ordem de compra ME2W - Fornecimento de compradores da Plant Force para criar pedido com ref. Para um Pur. Req. Cotacao ou Pur. Ord. Transacao OMET Crie uma nova entrada, de um nome e marque: - Ref. Para PReq Ref. A P. O. Ref. Para cotacao Em seguida, voce tem que associar via SU01 Clique em Parametros. Inserir um novo parametro id EFB para o codigo de autorizacao. Digite o valor de Parametros desejado, p. XX Voce tem que atribuir o controle para TODOS os compradores SAP via seu id de usuarios SAP. Terminar sessao e iniciar sessao novamente. Em seguida, tente criar uma ordem de compra sem uma referencia. Definir valores padrao para compradores Transacao OMFI Clique duas vezes nos valores padrao que deseja alterar. Salve isso. Em seguida, voce tem que associar via SU01 Clique em Parametros. Insira um novo parametro id EVO no codigo de autorizacao. Digite o valor de Parametros desejado, p. 01 Voce tem que atribuir o controle para TODOS os compradores SAP via seu id de usuarios SAP. Terminar sessao e iniciar sessao novamente. Em seguida, tente criar uma ordem de compra e verifique os valores padrao. No botao Processamento Rapido: - voce pode optar por adotar automaticamente todos os campos de itens de linha nas Requisicoes de Purchaes Condicao da Ordem de Compra Suponha que voce deseja calcular o GST e DISCOUNT para um Valor Liquido de 1000. Valor liquido 1000 GST 10 de 1000 100 DESCONTO 10 de 1000 100 Final Valor liquido 900 Isto e o que voce faz: - M08 - Definir esquema de calculo Primeiro verifique a coluna de condicoes Passos eg PB00 e PBXX pertence ao passo 1. Em seguida, verifique as ultimas etapas apos o preco real Agora, olhe para a coluna Fro To Se voce quiser que o desconto seja calculado com base em 1000, coloque o numero Steps na coluna Fro O Fro To controla o calculo . Na estrutura de informacoes padrao da SAP, S012 e atualizado pela data de criacao da Ordem de Compra, e nao pela Data de Entrada de Mercadorias. por exemplo. Uma ordem de compra e criada em janeiro e boa recepcao e em fevereiro e marco, S012 mostrara os valores no periodo janeiro. Transacao MC26 Estrutura de informacao S012 Grupo de atualizacao (stats) SAP Clique duas vezes em Bens recebidos qtd Na secao Data campo para determinacao de periodo Conjuntos de layout de ordem de compra, Tipos de mensagem Criar um novo tipo de mensagem para um layout diferente da ordem de compra M34 - O botao de definicao do Parceiro Inserir o novo tipo de mensagem no Parceiro OMQN - Controle de Mensagens Finalizadas Ajustar uma Nova Operacao da Impressora 1 - Novo 2 - Alterar OMFE - Conjuntos de Layout para Ordem de Compra Anexar o novo tipo de mensagem aos novos conjuntos de layout M36 - Manter Esquema de deteccao de mensagens. Ordem de Compra OMQS - Atribuir esquema ao Pedido de Compra OMGF - Atribuir Dispositivos de Saida a Grupos de Compras MN05 - Atribuir Tipo de Mensagem padrao a Grupos de Compras Padroes de Usuario para Pedido Existem alguns campos que voce pode definir como padrao para o comprador na transacao ME21. Transacao SU01 Digite o nome do usuario e clique em Parametros PID Valor do parametro LIF - Numero do fornecedor BES - Numero da ordem de compra BSA - Tipo de ordem EKG - Grupo de compras EKO - Organizacao de compras WRK - LAG da planta - Local de armazenamento MKL - Grupo de materiais WAK - O codigo de liberacao e um ID de dois caracteres que permite a uma pessoa liberar (limpar ou aprovar) uma requisicao ou um documento de compra externo. Os codigos de liberacao sao basicamente controlados atraves de um sistema de autorizacoes (objeto de autorizacao MEINKFRG). Use SE12. Estrutura CEKKO para verificar todos os campos disponiveis para controlar a ordem de compra. por exemplo. Se o valor total da Ordem de Compra exceder 10.000, a estrategia de liberacao 01 e atribuida a Ordem de Compra. Existe apenas uma caracteristica criada neste exemplo. Para controlar o tipo de ordem de compra, crie a caracteristica para CEKKO-BSTYP e o valor NB. CT04 - Criar caracteri??stica, e. NETVALUE Clique em Dados adicionais Nome da tabela CEKKO Nome do campo GNETW e pressione Enter (para o campo dependente da moeda, voce sera solicitado a digitar a moeda em que o sistema converte a moeda do documento de compra nessa moeda) Nos dados basicos (X refere tick ), X Valores de Mutliple X Valores de intervalo Nos dados do valor. No Char. Valor, digite 10000 e pressione enter Class - Criar RELPUR Tipo de classe - 032 Descricao - Procedimento de liberacao para pedido na mesma secao de classificacao. Clique em Verificar com erro No Char. (Caracteristica), digite NETVALUE para atribuir suas caracteristicas a classe OMGS - Definir procedimento de liberacao para o tipo de ordem de compra Grupo de liberacao - Novas entradas Rel. group Rel. Classe Objeto Descricao 02 RELPUR Rel. Estrategia para PO Codigos de liberacao - Novas entradas Codigo Grp 02 01 Indicadores de liberacao Indicadores de liberacao Release Descricao 0 Bloqueado 1 X Liberacao Release Estrategia Grupo de lancamento 02 Codigos de liberacao 01 Status de lancamento 0 1 Classificacao Escolha seus valores de cheque OMGSCK - Check Release Strategies Nenhuma mensagem de erro) Uma vez que a Ordem de Compra nao e liberada, os compradores nao poderao imprimir a Ordem de Compra. As entradas de mercadorias serao mostradas com o numero de mensagem. ME 390 - Documento de compras XXXXXXX ainda nao divulgado. Em 4.6c, Ordem de Compra com Estrategia de Lancamento tem um separador no final do Cabecalho. Isso permitiu aos compradores verificar o status de lancamento da ordem de compra. A pessoa com a autorizacao de liberacao tem que usar o ME28 para liberar o Pedido de Compra. Solicitar o ultimo preco da ordem de compra para o material Se voce quiser que o sistema tome o preco da ultima ordem de compra, nao mantenha as condicoes no registro de informacoes porque tem precedencia sobre o ultimo pedido. Isso significa que o campo netprice no registro de informacoes deve ser deixado em branco. No caso de voce ja ter mantido as condicoes no registro de informacoes (ou netprice), tente exclui-las ou torna-las invalidas alterando a data de validade. Mesmo que nenhum preco foi mantido, o registro de informacoes ainda manter o controle do historico de precos de Ordem. Para verificar o historico de precos do pedido, va para o registro de informacoes de material e clique em Ambiente - Historico de precos de pedidos Adotar texto do cabecalho da ordem de compra Para alterar o texto do cabecalho para o pedido de compra Etapa 1: - Manter texto no Mestre do fornecedor MK02 - Textos - Introduza o texto na nota de compra Passo 2: - Link Tipos de texto para o texto do cabecalho no pedido OMFV - Definir regras para copiar (adopcao) de texto Escolha o texto do cabecalho Escolha Goto - Ligacao: tipos de texto - Para o fornecedor Preenchido no campo Nao (Por exemplo, 01 - Texto do Cabecalho), marque em seguida se pretende que o texto seja adoptado ou apenas para ser apresentado Escolha Actualizar para guardar Criar um novo Pedido Tipo de Documento Se tiver mais de uma empresa, podera definir um novo Tipo de documento e intervalo de numeracao para diferenciar entre as duas empresas. Definir um novo intervalo de numeros nao utilizado OMH6 - Intervalos de numero para documentos de compras Copiar o PO padrao de NB para, por exemplo, ZB OMEC - Definir tipos de documentos Manter. Texto para o Documento HeaderItem Texto para o Suplemento do Documento OMF6 - Texto do Cabecalho das Mensagens Enviar Pedido atraves da Determinacao da Saida Ler nota 191470 - Ordem de compra como um e-mail A partir do release 4.5, voce pode enviar sua ordem de compra atraves da determinacao de saida. Esta nota indicam todas as exigencias e configuracoes necessarias para enviar ordem de compra atraves da determinacao de saida, uma vez que seu SAP foi conectado a um sistema de correio externo. Enviar ordem de compra com o Microsoft Outlook E assim que funciona: - Primeiro, envie o pedido de compra convertido para o seu SAPoffice exemplo ABAP programa para enviar e-mail para o seu SAPoffice Em seguida, a partir do Microsoft Outlook, voce pode envia-lo externamente para o seu fornecedor Instale o SAP No programa de instalacao do SAP Presentation CD-ROM em GUIWINDOWSWIN32 Execute o programa SAPsetup e escolha as Interfaces da Area de Trabalho. Em seguida, escolha o SAP MAPI Service Provider (selecione Alterar opcoes para exibir a selecao) Depois que o SAP MAPI estiver instalado. Voce pode criar seu perfil de logon para SAPoffice. Va em seu painel de controle de suas janelas. Selecione a opcao Email do Painel de controle para chamar o gerenciador de perfil MAPI. Escolha Adicionar para chamar o novo assistente de configuracao de perfil de logon Selecione Adicionar dos Servicos e selecione o Fornecedor de Servicos SAP MAPI Digite as informacoes R3 necessarias (cliente, nome de usuario de sequencia, senha) O arquivo PST fornecido e sapwrk. pst Agora, efetue logon no Seu Microsoft Outlook e ver se voce pode acessar todas as suas pastas SAPoffice. Se voce enviar o arquivo usando SP01 - System - List - Send, o arquivo tera a extensao ALI. Use o Windows Explorer para padrao aberto com o bloco de notas do Windows. Enviando e-mails diretamente da SAP via Microsoft Exchange Se voce quiser enviar seu e-mail diretamente pelo Microsoft Exchange, voce precisa instalar o Software SAP Exchange Connector no Microsoft Exchange Server. O programa de configuracao SETUP. EXE esta localizado no CD Apresentacao R3 no directorio: GUIWINDOWSWIN32SXC. Todo o conteudo do site e copyright copy erpgreat e os autores do conteudo. Todos os direitos reservados. Todos os nomes de produtos sao marcas registradas de suas respectivas empresas. O site erpgreat nao esta afiliado a SAP AG. Todo esforco e feito para garantir a integridade do conteudo. As informacoes usadas neste site sao por sua conta e risco. O conteudo deste site nao pode ser reproduzido ou redistribuido sem a expressa permissao por escrito da erpgreat ou dos autores do conteudo.